Blog

25 Maio

Conheça a Dra. Neliane Nunes, médica que atende no posto de saúde ASTCOM

IMG_2160

“A prevenção é necessária e primordial”

 

Natural de Taguatinga (DF), a Dra. Neliane Nunes Teodoro tem 41 anos, é casada e mãe de uma filha, Laura. Viveu 10 anos no Rio de Janeiro (RJ), atendeu 10 anos pelo SUS do Mato Grosso (MT) e sete pelo de Aparecida de Goiânia (GO). Também atua em seu consultório no Setor Bueno, em Goiânia, e, desde setembro do ano passado, atende àqueles que buscam orientações médicas na sede do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO), uma comodidade a mais para os servidores do órgão. Fizemos uma pequena entrevista com a Dra. Neliane Nunes para que você conheça os motivos que a levaram a escolher uma área tão primordial para a qualidade de vida de todas as pessoas e um pouco mais sua visão sobre a saúde. Confira abaixo.

O que motivou a escolher a área de médica?

Poder ajudar o próximo, por ser uma profissão que se o cuidado com o próximo, com a vida.

Como você vê a saúde pública hoje?

Situação atual está muito complicada, falta estrutura de trabalho. Você chega para trabalhar no SUS, não tem medicamentos, não tem leitos, pagamento baixo das consultas, esta é realidade do serviço público de saúde no Brasil, o que desmotiva o profissional a estar na área pública.

O que você vê como principal causa de problemas de saúde do servidor público?

O estresse, o sedentarismo e a falta de prevenção, porque muitas vezes ele vai ao médico só para pegar uma receita. Algumas pessoas quando consultadas sobre a última a vez que foram ao médico chegam a dizer que nem se lembram. Precisamos mudar esta realidade.

Você acha que as pessoas têm resistência de procurar um médico?

As pessoas só vão ao médico quando precisam, não para prevenção. O que você do diferencial do trabalho médico dentro do TCM-GO? Acho muito importante ter consultórios médico e odontológico no TCM-GO, pois mostra que a administração está olhando com cuidado para os servidores. Você acaba oferecendo uma atenção maior para aos servidores que estão aqui no órgão.

Quais as doenças mais comuns?

Existe uma procura grande de casos como gastroenterite, viroses, hipertensão, e estamos estudando formas de atuar também preventivamente.

Você pode deixar algumas dicas de saúde para nossos servidores? Fazer uma rotina médica, de exames, pelo menos uma vez por ano; sentido algum sintoma, alguma queixa, de seis em seis meses. É muito importante não se automedicar. Atividade física com acompanhamento profissional, alimentação adequada, não fumar, beber moderadamente, uma rotina saudável é fundamental. A prevenção é necessária e primordial.